O vinho de Portugal mais conhecido como vinho do Porto é mundialmente famoso. São muitas as regiões do país lusitano que produzem vinhos, mas duas das preferidas pela maioria dos apaixonados pela bebida são Alentejo e Douro. Essas duas regiões são muito importantes por vários motivos.

Cada uma delas possui suas particularidades, bem como os vinhos que são produzidos nelas. Conheça as regiões que detém os melhores rótulos de vinho português, suas características e os motivos pelos quais esses vinhos são tão queridos!

 

O Vinho Português de Alentejo

Alentejo é uma região bem extensa, com área de mais de 30.000 Km². Essa área se divide em 8 sub-regiões: Borba, Moura, Redondo, Évora, Reguengos, Vidigueira, Portalegre e Granja / Amareleja.

A Comissão Vitivinícola Regional Alentejana (CVRA) é responsável por certificar, proteger e controlar os vinhos da Denominação de Origem Controlada (DOC Alentejo) e também da Indicação Geográfica (Regional Alentejano).

As castas mais conhecidas da região são as seguintes:

 

  • Tintas: Castelão, Syrah, Aragonez, Trincadeira, Alicante Bouschet, Touriga Nacional, Alfrocheiro e Cabernet Sauvignon.
  • Brancas: Roupeiro, Fernão Pires, Arinto, Antão Vaz.

Alguns dos rótulos da região são o Corte de Cima 2007, Monte da Cal Reserva 2004 e Herdade da Sobreira 2004, entre outros.

 

O Vinho do Porto de Douro

 Douro é a casa do vinho do Porto, responsável pela produção de quase metade dos vinhos desse tipo em todo o país, além de ter sido a primeira região demarcada de Portugal. A região é tão importante para o vinho de Portugal que uma parte de seu território foi considerada um patrimônio da Unesco, o que reforça a alta qualidade dos vinhos da região.

Além do tão famoso vinho do Porto, Douro também produz outros vinhos mais suaves. A região em que a produção dos vinhos se concentra é próxima ao Rio Corgo.

 

As principais castas do Douro são as seguintes:

  • Tintas: Touriga Franca, Touriga Nacional, Tinto Cão, Tinta Barroca, Tinta Roriz (Aragonez) e Tinta Amarela.
  • Brancas: Golveio, Malvasia Fina, Malvasia Rei, Códega e Viosinho.

Uma curiosidade é que o Douro é a região mundial em que são utilizadas mais castas para a produção do vinho do Porto: o número chega a mais de cem, todas devidamente autorizadas.

Alguns dos rótulos do Douro são Casa Ferreirinha Vinha Grande 2003, Churchill Estate 2006 e Lavradores da Feitoria 3 Bagos 2005.

 

Qual é a Região Que Produz os Melhores Vinhos?

Quando se fala do melhor vinho, não há como determinar uma única opção, já que essa escolha depende de vários fatores, como preferências pessoais, degustações passadas e custo-benefício, entre outras.

Por isso, tanto os rótulos de vinho de Portugal da região de Alentejo, maior região produtora de Portugal, quanto do Douro, primeira região demarcada do país, são maravilhosos e podem agradar aos paladares dos enólogos e entusiastas de todo o mundo.

Independentemente de quais sejam as preferências, é importante saber o máximo de dicas sobre esse país maravilhoso que é Portugal, sejam elas sobre a gastronomia, turismo ou sobre a rota dos vinhos. Essas e muitas outras dicas podem ser encontradas no blog do Eno Gourmet Premium, parada obrigatória para quem quiser saber mais sobre o vinho português.