Qualquer pessoa já ouviu falar que quanto mais velho for o vinho, melhor ele é. E sim, isso é verdade para a maioria dos casos dos vinhos. Falamos em “maioria” porque existem alguns que estão no ponto para degustação assim que são feitos.

Mas aqui, vamos falar da importância de deixar o vinho amadurecer. Os que precisam amadurecer, geralmente contam com taninos que ainda estão duros, aromas que estão fechados e por isso é preciso deixá-los amadurecendo.

O processo de amadurecimento é importante para que o vinho fique com um equilíbrio maior de aromas e também de sabores. Assim a sensação de adstringência é maior quando ele é ingerido.

O tempo que leva para amadurecimento do vinho pode variar de acordo com a sua necessidade. Alguns levam apenas de dois ou três anos para amadurecer, outros já demoram mais tempo.

 

Amadurecimento do vinho: vinhos que precisam ou não amadurecer

Os vinhos que são considerados mais leves e suaves, costumam amadurecer mais rápido e devem ser consumidos com rapidez, já que é preciso aproveitar ao máximo o frescor que a bebida oferece e, ao contrário dos outros tipos, esse vinho não fica gostoso quando está muito amadurecido.

Por esse motivo, lá em cima, citamos que a expressão “quanto mais velho for o vinho, melhor ele é” serve para a maioria, mas não para todos os vinhos.

Os vinhos do tipo Bordeaux, Barolos e Brunellos são alguns dos que precisam estar maduros para que fique gostoso e quanto mais maduro ele ficar, mais gostoso ele será.

Vinhos deste tipo, conforme os anos passam fica mais macio e seu afinamento fica ainda maior. Quando é retirado o tanino desses vinhos, com o tempo de retirada, ele acaba sofrendo uma oxidação e esse sofrimento não é ruim.

Quando isso é feito, o vinho sofre algumas alterações químicas no seu interior e isso faz com que a sua qualidade fique ainda maior.

amadurecimento do vinho

Como começa o processo de amadurecimento dos vinhos

Engana-se quem pensa que o amadurecimento só começa quando o vinho já está “pronto”. Esse processo começa desde a escolha da uva para fazer a bebida até sua última etapa.

É preciso escolher uma videira que esteja com a quantidade de uvas bem reduzida, assim, as uvas que sobraram serão as melhores para fazer esse tipo de vinho, pois seus nutrientes são os melhores e isso garante a qualidade da bebida no final do seu amadurecimento.

O amadurecimento dessa bebida acontece em barricas de carvalho. Esse modo de amadurecer o vinho é muito antigo e utilizado até hoje, pois o carvalho oferece muitos benefícios para o amadurecimento do vinho.

Como as barricas são bem fechadas, a cor do vinho fica muito intensa e assim o vinho fica melhor estruturado através da micro oxigenação e mistura do tanino com a madeira da barrica.

Para um bom amante de vinho é importante saber essas informações a respeito da bebida, seja de vinhos maduros, vinhos suaves ou vinho português.

Para que você saiba mais informações a respeito dessa bebida tão querida pelos brasileiros, acesso mais o blog Eno Gourmet Premium, ainda têm vários posts muitos interessantes a respeito do vinho do Porto e muitos outros.

Saiba mais

Agora que você já sabe o por que o amadurecimento do vinho é importante, que tal saber como conservar o vinho depois de aberto?

Contreira Tinto

Contreira Rosé

Contreira Branco

Conheça mais sobre o mundo da enologia no Eno Gourmet Premium, um dos melhores blogs de culinária típica portuguesa e aproveite para comprar vinho online.