Um dos vinhos mais conhecidos em todo o mundo, sem dúvidas, é o vinho do Porto. Ele possui algumas características únicas, e isso faz com que ele receba maior destaque, em comparação aos outros do mercado.

Algumas de suas características mais marcantes são o teor alcoólico, que é um pouco elevado, atingindo até 22%, sua cor, a doçura e o aroma, que impossibilita comparações com outros tipos de vinho.

Pelo fato de ser mais adocicado, o vinho do Porto apresenta maior fama, mas é possível encontrá-lo com algumas variações em seu sabor, como, por exemplo, o Extra Seco.

Origem do vinho do Porto

É possível encontrar algumas teorias em relação à origem do vinho do Porto, mas existe uma mais popular relatando que a descoberta desse vinho aconteceu de forma acidental.

No século XVII, Portugal passou a ser fornecedor de vinhos para a Inglaterra. Porém, a distância de um país para o outro é, deveras, extensa e, por isso, naquela época, demorava um certo tempo para que a mercadoria chegasse à Inglaterra.

Então, os britânicos criaram o hábito de adicionar uma pequena quantidade de aguardente ao vinho já pronto, para que não estragasse com tanta facilidade. Depois de um tempo, tiveram a ideia de adicionar a aguardente durante o processo de fermentação da bebida e, assim, surgiu o vinho do Porto.

A produção do vinho do Porto começa através da seleção das castas tradicionais que são encontradas na região do Douro. Essas castas precisam ter características marcantes que deixam a identidade do vinho ainda mais acentuada.

Quais são os tipos de vinhos do Porto

 É possível dividir o vinho do Porto em duas categorias, são elas:

  • Os envelhecidos em barris de madeira
  • Os envelhecidos em garrafas

Ainda que seja utilizado o mesmo tipo de uva para produzir as bebidas, quando o envelhecimento é feito de forma diferente, o sabor também será diferente e é exatamente isso que faz com que cada vinho possua uma característica única.

Vinhos Tawny e Ruby Reserva 

O vinho Ruby Reserva é feito a partir de uma safra que é, cuidadosamente, selecionada, além disso, ele apresenta um sabor mais frutado e sua estrutura e complexidade é maior do que o vinho Ruby tradicional, por exemplo.

Já o vinho Tawny é um pouco mais aprimorado e conta com um aroma mais amadeirado e, também, de frutas secas. Isso porque seu envelhecimento ocorre durante, pelo menos, 7 anos em barris de madeira.

Vinho do Porto Branco 

O vinho do Porto Branco tem como diferença dos outros tipos de vinhos do Porto, sua cor, doçura e também o período de envelhecimento. Ele apresenta um sabor mais encorpado e intenso.

Vinhos, como o Porto Branco, são ideais para servir no momento da sobremesa ou acompanhando qualquer doce.

Portugal é um país que conta com muitas tradições, desde os vinhos até mesmo os temperos que não podem faltar nas despensas portuguesas.

Para saber mais a respeito da tradicional culinária portuguesa, navegue um pouco mais no blog da Eno Gourmet Premium e descubra não só a respeito da origem do vinho do Porto, mas também muitas outras curiosidades.

Conheça mais sobre o mundo da enologia no Eno Gourmet Premium, um dos melhores blogs de culinária típica portuguesa e aproveite para comprar vinho online.